Acordo cria regras para desistência de imóvel Blog

Em caso de distrato com construtora, clientes pagarão multa de 20% do valor já pago

Na tentativa de resolver o problema do distrato (desistência por parte do comprador) no setor imobiliário – um dos motivos do agravamento na crise na construção civil – governo federal, empresários, representantes da Justiça e Procons assinam hoje no Rio um acordo que fiz critérios para o reembolso dos valores pagos pelos consumidores. As novas regras terão abrangência nacional. Serão oferecidas ao cliente suas opções para reaver o dinheiro: pagar uma multa de 10% sobre o valor do imóvel até o limite de 90% do valor pago; ou perder o valor do sinal, mais 20% sobre o que foi desembolsado.

Confira AQUI a matéria na íntegra.

Fonte: O Globo